Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Com reservas, Brasil vence Itália e termina Copa do Mundo invicto

Carolina Canossa

15/10/2019 04h43

Isac foi o destaque individual do jogo, com 14 pontos e excelentes passagens pelo saque (Fotos: Divulgação/FIVB)

Campeã da Copa do Mundo com uma rodada de antecipação, a seleção brasileira masculina de vôlei atuou com reservas em sua última partida no torneio, diante da Itália na madrugada desta terça-feira (15). Ainda assim, a equipe não teve muitos problemas para vencer os rivais por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 25-22 e 25-15.

Ao todo, os comandados do técnico Renan Dal Zotto conseguiram 11 vitórias em 11 jogos no Japão, tendo perdido apenas cinco sets – apesar de boa parte dos rivais não ter jogado a Copa com suas equipes principais, adversários importantes como Estados Unidos e Polônia foram superados mesmo usando uma equipe bastante parecida com a que devem jogar a Olimpíada do ano que vem.

E mais:

+ Voleicast: seleção feminina tem muito a trabalhar até a Olimpíada

+ Assine nosso financiamento coletivo e concorra a prêmios

A Itália foi um dos times que optou por atuar no Japão sem força máxima, preservando suas principais estrelas, como o levantador Gianelli, o oposto Zaytsev e o ponteiro Juantorena. Ainda assim, no duelo de reservas nesta madrugada, o Brasil foi claramente superior, especialmente no ataque, fundamento em que marcou 40 pontos contra 30 dos rivais.

Destaque ainda para a passagem do central Isac no saque no começo do terceiro set: com ele no serviço, a seleção desestabilizou a linha de passe italiana de tal forma que uma desvantagem de 6-11 se transformou no set mais tranquilo da partida.

Apesar de o título estar assegurado, não faltou esforço aos jogadores da seleção em quadra

Com cinco aces, três bloqueios e seis pontos de ataque, Isac terminou o confronto como o maior pontuador, seguido pelo oposto reserva Felipe Roque, que marcou 12 pontos. Único titular em quadra ao lado do líbero Thales, o também meio de rede Maurício Souza colocou sete bolas no chão.

A Copa do Mundo marca o encerramento da temporada de seleções para o vôlei brasileiro – além do título agora, a equipe masculina do país venceu o Sul-americano, garantiu a vaga olímpica em um duelo dramático contra a Bulgária e ficou em quarto lugar na Liga das Nações. Os jogadores agora voltam aos seus respectivos clubes, com a Superliga programada para começar em 9 de novembro.

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede