Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Seleção masculina tem início promissor em amistoso contra o Canadá

Janaína Faustino

2025-05-20T19:06:00

25/05/2019 06h00

Seleção masculina teve um desempenho expressivo no segundo amistoso contra o Canadá (Foto: Marcos Ribolli/Vôlei Renata)

Mais do que propriamente o resultado de 3 sets a 0 (25-18, 25-14 e 25-19), a performance da seleção masculina de vôlei no segundo amistoso contra o Canadá nesta sexta-feira (24), no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP), apontou para um início de temporada animador.

Na reta final de preparação para a estreia contra os EUA na segunda edição da Liga das Nações (VNL) na próxima sexta-feira (31), em Katowice, na Polônia, a equipe de Renan Dal Zotto empolgou a torcida. Diferentemente da difícil vitória conquistada apenas no tie-break no primeiro amistoso da última quarta-feira (22), o time mostrou mais sintonia e diminuiu a quantidade de erros, se impondo técnica e taticamente sobre os canadenses.

Com o início da Liga das Nações, a tendência é que a seleção cresça ainda mais coletivamente, construa um padrão de jogo e refine os fundamentos. Sob este aspecto, destaque para o desempenho correto do levantador Cachopa, que tem se revezado com Thiaguinho na posição, já que o titular Bruno terá mais tempo de descanso e deverá se apresentar à delegação somente na segunda ou terceira semana do torneio.

Buscando o melhor entrosamento com seus atacantes, Cachopa realizou uma boa distribuição, acionando tanto as bolas rápidas de meio com os centrais Lucão e Flávio Gualberto – em estreia convincente – quanto pelas extremidades com Douglas Souza e principalmente Lucarelli, o campeão e MVP da última Superliga que, depois de ter ficado de fora da temporada de seleções em 2018 por causa da lesão no tendão de Aquiles, voltou e brilhou em quadra com a camisa amarela.

Leia mais:

Por Tóquio-2020, seleção feminina começa temporada com grupo renovado

Fundamental em Taubaté, Renan responde críticos com título da Superliga

Em entrevista ao SporTV, o armador fez uma análise da seleção brasileira nos dois amistosos preparatórios. "A cada dia a gente vem se entrosando mais, conhecendo melhor um ao outro, principalmente da minha parte. Conseguimos diminuir os erros em relação à primeira partida e acho que o jogo foi melhor. Ainda temos o que melhorar e vamos aproveitar a semana para treinar e evoluir. Mas o básico a gente já tem", explicou Cachopa.

Já o meio de rede Flávio falou sobre a expectativa pela estreia. "Teve um friozinho na barriga, confesso, mas é normal. Depois fui acostumando, me sentindo bem e todos me apoiaram. No decorrer do jogo fui ficando mais solto, relaxado. Foi um bom jogo, a equipe está de parabéns. Crescemos da primeira para a segunda partida e saímos com uma boa vitória por 3 a 0 (…)", destacou.

Com uma folga de dois dias, a seleção brasileira embarca para Katowice na segunda-feira (27) onde já contará com o reforço do ponteiro Leal para disputar a primeira etapa da Liga das Nações. Logo nesta semana de abertura, o Brasil enfrentará duas pedreiras: EUA (sexta-feira, 31) e a anfitriã e atual tricampeã mundial Polônia, que também já terá o astro León à disposição, no domingo (2). A seleção australiana será o adversário de sábado (1º de junho).

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter:@saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.