Saída de Rede

Melhor seleção da Europa, Sérvia tritura adversários e está no Mundial feminino 2018

João Batista Junior

28/05/2017 20h27

Sérvia: cinco jogos, cinco vitórias por 3 a 0 nas eliminatórias para o Mundial (fotos: CEV)

A Sérvia quase não suou o uniforme para conquistar vaga no Campeonato Mundial do Japão 2018. No torneio eliminatório em Varsóvia, as sérvias bateram Eslováquia, Islândia, Chipre, Rep. Tcheca e Polônia sets diretos, sofrendo mais de 20 pontos apenas em uma parcial – 26-24 contra as tchecas – e já entraram em quadra na última rodada neste domingo, com a vaga assegurada.

Diante da Polônia, que precisava de uma vitória por 3-0 ou 3-1 para chegar à repescagem, a Sérvia venceu por 3 sets a 0, em parciais de 25-15, 25-16, 25-15. A oposta Tijana Boskovic, que anotou 21 vezes no placar contra as polonesas, terminou o hexagonal com 82 acertos, média de quase 7,5 pontos por set e 59% de aproveitamento no ataque. Números bem expressivos, em que pese a fragilidade dos rivais.

No jovem elenco sérvio – que tem a líbero Silvija Popovic como única jogadora titular acima dos 30 anos de idade –, três ponteiras têm passagem pelo vôlei brasileiro: Brankica Mihajlovic, que já foi campeã da Superliga pelo Rexona –, além de Sanya Malagurski e Tijana Malesevic, no Osasco.

Terceira colocada no Europeu de 2015, vice-campeã na Copa do Mundo daquele ano e medalhista de prata na Rio 2016, a equipe dos Bálcãs, pela juventude do plantel e reconhecida qualidade de suas atacantes, tem tudo para lutar pelas primeiras posições no mundial do ano que vem e, por que não?, sonhar com o título inédito – sua melhor participação em mundiais foi em 2006, com o terceiro lugar obtido no Japão, ainda quando o país era Sérvia e Montenegro.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

O torneio também levou a Rep. Tcheca à repescagem das eliminatórias europeias, que serão disputadas em agosto e darão uma vaga para o campeonato no Japão. Nesta semana, outros cinco hexagonais qualificatórios definem quem vai acompanhar a Sérvia no Japão e quem estará na disputa junto o sexteto tcheco.

Agora, são quatro as seleções classificadas para o Mundial: além da Sérvia, Japão, EUA e Brasil já estão na competição.

A caminho da Funvic/Taubaté, Ivovic (8) ajudou a classificar a Sérvia para o Mundial

ELIMINATÓRIAS MASCULINAS
O fim de semana levou a Sérvia não apenas ao mundial feminino como também ao masculino. Em Zagreb, os sérvios não passaram nenhum aperto para carimbarem o passaporte para o campeonato a ser realizado na Itália e na Bulgária, ano que vem.

Diante de Suíça, Bielorrússia, Dinamarca, Noruega e da anfitriã Croácia, os sérvios venceram os cinco jogos por 3 a 0. O ponteiro Marko Ivovic, que vai defender a Funvic/Taubaté na próxima temporada, foi o atacante com maior aproveitamento da equipe no torneio, pontuando em 64,5% das cortadas que efetuou.

Apesar do desempenho pífio na Polônia, em 2014, quando não chegou nem perto de se classificar para a terceira fase do torneio, o retrospecto recente de participações da Sérvia em mundiais é de respeito: entre 2002 e 2010, os sérvios (como Iugoslávia, Sérvia e Montenegro e, finalmente, Sérvia) foram três vezes semifinalistas, havendo conquistado o bronze na Itália, em 2010.

Quem também passou pelas eliminatórias sem perder nenhum set foi a França. Neste domingo, em Lyon, os atuais campeões europeus bateram a Alemanha por 3 sets a 0 (25-22, 25-20, 25-20). O jogo foi a reedição da decisão do terceiro lugar no Mundial de 2014 – na ocasião, foram os alemães que venceram em sets diretos e ficaram com o bronze.

A Rússia sofreu um susto, mas também garantiu classificação para Itália/Bulgária 2018. Neste domingo, em Tallin, os russos perderam o primeiro set para o time de casa e estavam em desvantagem no placar da segunda parcial em 21-18, mas viraram e venceram a Estônia por 3 sets a 1 (21-25, 25-21, 25-18, 25-19).

Em 2018, os eslovenos irão ao mundial pela primeira vez

Entre os classificados europeus para o Mundial masculino de 2018, destaque para eslovenos e holandeses.

Vice-campeã continental em 2015, a Eslovênia, em casa, neste domingo, venceu a Bélgica num jogo equilibrado, por 3 sets a 1 (28-30, 26-24, 27-25, 25-20) e se qualificou, como país independente, pela primeira vez na história para um mundial adulto de vôlei.

Já a Holanda, campeã olímpica em Atlanta 1996 e segunda no Mundial da Grécia, em 1994, não disputava o campeonato desde a edição de 2002, na Argentina. Neste domingo, em Apeldoorn (Holanda), precisava de apenas dois sets contra a Eslováquia e venceu a partida por 3 sets a 2 (25-27, 26-24, 22-25, 25-16, 15-9).

A outra seleção classificada da Europa foi a Finlândia, que, na Rep. Tcheca, superou Espanha, Chipre, Suécia, Irlanda do Norte e o time da casa para conquistar a vaga.

Itália, Bulgária, Polônia, Rússia, Sérvia, Holanda, Finlândia, França e Eslovênia já estão no Mundial. Alemanha, Eslováquia, Bélgica, Estônia, Bielorrússia e Espanha disputam uma vaga, em julho, na repescagem europeia.

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de-Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo