Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Agora capitão, levantador Thiaguinho busca se firmar no Sesc e na seleção

Carolina Canossa

02/11/2018 06h00

 

Além de se consolidar no time carioca, levantador Thiaguinho também busca construir sua história na seleção brasileira (Foto: Divulgação/Sesc-RJ)

Por Janaina Faustino

"Conduzir uma equipe tão competitiva como a do Sesc-RJ me dá a oportunidade de me firmar entre os grandes levantadores". A frase, dita por Thiago Veloso, levantador e hoje capitão da importante equipe carioca, resume bem as aspirações do jogador para a temporada 2018/2019. Aos 25 anos, após passar pelo Sesi-SP e pelo voleibol italiano, onde atuou no Exprivia Molfetta, o paraibano Thiaguinho vê nessa edição da Superliga a possibilidade de se consolidar como um dos grandes de sua posição. Em entrevista ao Saída de Rede, ele fala sobre a responsabilidade de ser novamente o "regente" do Sesc e o desejo de vestir a camisa da seleção brasileira principal.

Disputando a Superliga pela segunda vez no time comandado pelo técnico Giovane Gávio, o agora capitão Thiaguinho estreou com vitória na competição, no sábado (27), por 3 sets a 1 sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei, na casa do rival, e ajudou a manter a invencibilidade do Sesc na recém-criada Copa Libertadores de Vôlei ao bater a equipe argentina Ciudad Voley por 3 sets a 0 nesta quarta-feira (31).

Apresentando um bom desempenho já neste início de temporada, o jogador não sente o peso da braçadeira e imagina que a liderança dentro da quadra pode favorecer o aprimoramento do seu jogo. "Eu encaro com naturalidade. Pra falar a verdade, gosto de assumir essa responsabilidade. Já desempenhei outras vezes essa função na base e essa é a primeira vez em um time da Superliga. Acredito que ser capitão vai me ajudar a crescer como levantador", afirma. "Conduzir uma equipe tão competitiva como a do Sesc-RJ me dá a oportunidade de me firmar entre os grandes levantadores. Acho que tenho uma característica de jogo rápido que pode fazer a diferença. E, claro, quero melhorar em todos os fundamentos para ajudar ainda mais o time nessa temporada", complementa.

Superliga tem início nesta quarta com hegemonia do Sada Cruzeiro ameaçada

"Amarrado" com a Globo, vôlei busca se adaptar às mudanças nas transmissões

A respeito das pretensões de sua equipe no torneio nacional, o levantador sustenta que o time tem condições de ir longe. "Temos chances de brigar por uma vaga na final. Sabemos das dificuldades da Superliga. É uma competição que tem times tão qualificados quanto o Sesc-RJ, mas nosso objetivo é chegar à decisão e brigar pelo título", salienta. Depois da ótima participação na Superliga passada, quando terminou em terceiro lugar, o grupo carioca manteve a base com a maioria de seus atletas e anunciou a contratação do oposto Wallace e do ponteiro búlgaro Rozalin Penchev, nomes de peso que prometem fortalecer e tornar ainda mais competitivo o time de Giovane Gávio.

Ao citar William e Bruninho, além do norte-americano Micah Christenson como os principais nomes de sua posição na atualidade, ele também menciona Ricardinho, Rapha, Marlon e Marcelinho como referências importantes em seu aprendizado. "É difícil citar só dois ou três. Tento observar um pouco de cada um para formar o meu próprio estilo", aponta. Em recente entrevista ao blog, William Arjona ressaltou a importância da renovação, de testar e dar rodagem a novos levantadores na seleção brasileira principal. E, assim como fez o "mago", Thiaguinho também deseja construir uma história de sucesso com a camisa verde e amarela. "Esse é o meu objetivo, mas tento não pensar diretamente nisso. Sei que, se eu chegar lá, será fruto de um trabalho diário. Foco no meu dia a dia e em melhorar meu jogo em todos os aspectos, para quando chegar a oportunidade eu possa estar preparado", finaliza.

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.