Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Marcelo Mendez quase complica, mas Brasil bate Argentina e segue invicto

Carolina Canossa

2009-06-20T19:06:14

09/06/2019 06h14

Das seis vitórias do Brasil até agora na Liga das Nações, três foram no tie-break (Fotos: Divulgação/FIVB)

No primeiro encontro da seleção brasileira masculina de vôlei com Marcelo Mendez como treinador da seleção argentina, o técnico do Sada Cruzeiro impôs um duelo duríssimo para os comandados de Renan Dal Zotto, mas não pôde evitar a derrota por 3 sets a 2, parciais de 25-20, 21-25, 26-28, 25-23 e 15-12. O duelo foi válido pelo encerramento da segunda semana da Liga das Nações.

Iniciando seu trabalho à frente da Argentina, Mendez conseguiu colocar em quadra uma linha de passe bastante equilibrada, com destaque para o líbero Santiago Danani. Assim, o experiente levantador Maximiliano Cavanna pôde trabalhar com tranquilidade, o que se refletiu na diferença no total de pontos de ataque: 67 contra 58. Com 28 pontos, o oposto Federico Pereyra era a grande válvula de escape ofensiva da equipe.

Leia mais:

– Fundamental em Taubaté, Dal Zotto responde críticos com título da Superliga

– Gabi brilha e seleção feminina surpreende os Estados Unidos

Multicampeão com o Sada Cruzeiro, Mendez tenta repetir o sucesso com a seleção de seu país

O problema é que, na mesma medida, a Argentina também cedeu pontos demais para o Brasil: 42, recebendo apenas 31 "em troca". Com dificuldades na recepção, o ponteiro Yoandy Leal precisou ser substituído por Lucas Loh em alguns momentos, mas compensou no ataque, marcando 18 pontos, três a mais que Wallace, que não esteve em um dia inspirado.

Outro ponto chave na partida foi a troca da dupla brasileira de centrais a partir do quarto set, com Flavio e Isac substituindo Lucão e Maurício Souza. A partir daí, o bloqueio, que andava sumido, passou a tocar mais bolas e fazer pontos importantes, especialmente no tie-break, inclusive com o levantador Fernando Cachopa, "baixinho" de 1,85m.

O resultado deste domingo (9) não só manteve o Brasil invicto na Liga das Nações como também é mais uma vitória do técnico Renan Dal Zotto sobre Mendez – na Superliga, o brasileiro já havia sido o responsável por acabar com a hegemonia do Sada Cruzeiro, eliminando o time mineiro na semifinal e posteriormente conquistando o título com a EMS Taubaté Funvic, onde, curiosamente, contou com um titular da seleção argentina, o ponteiro Facundo Conte (19 pontos hoje).

Na próxima semana, a seleção masculina terá, teoricamente, confrontos mais tranquilos, exceção feita ao duelo de sexta (14) contra a Sérvia: China no sábado (15) e Portugal, dono da casa, no domingo (16).

Ouça o Voleicast, podcast de vôlei do Saída de Rede

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.