Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Carol Gattaz: “Essa superação e essa vitória são do grupo”

Janaína Faustino

2027-04-20T19:06:00

27/04/2019 06h00

Minas conquistou o terceiro título nacional em sua história (Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

Superação. Esta foi a palavra mais usada pelas jogadoras do Itambé Minas para definir a campanha praticamente perfeita que culminou na conquista do título – o terceiro de sua história – da Superliga feminina de vôlei nesta sexta-feira (26). Depois de 17 anos de espera, o tradicional clube mineiro voltou a ocupar o lugar mais alto do pódio ao derrotar novamente, em pleno Sabiazinho, em Uberlândia (MG), seu rival estadual Dentil Praia Clube de virada por 3 sets a 1, com parciais de 17-25, 25-23, 25-14 e 28-26.

Em entrevista ao SporTV, a meio de rede Carol Gattaz, capitã e um dos símbolos da equipe, afirmou que a determinação do time serviu de motivação para ela, que enfrentou problemas físicos e chegou a ser substituída por Mayany durante o confronto.

"Essa superação e essa vitória foram do grupo. Foi tudo sensacional. O tempo todo nós estivemos juntas. Tive essas câimbras e não estava conseguindo voltar, mas o time permaneceu unido. Sinto muito orgulho dessa equipe. Estou muito emocionada por ter conseguido esse título", destacou a central, que retornou ao jogo e marcou o último ponto – de bloqueio – que deu o troféu ao Minas no quarto set.

O técnico Stefano Lavarini, responsável pela temporada impecável que rendeu ainda o Campeonato Mineiro, a Copa Brasil, o Sul-Americano e o vice-campeonato mundial ao time mineiro, foi eleito o melhor treinador da Superliga. Em tom de despedida, ele exaltou a grandeza do clube.

"Eu só quero agradecer. O Minas já havia ganhado antes de eu vir para cá e vai ganhar de novo quando eu não estiver mais aqui porque é um clube de grande tradição. Eu aproveitei a organização do clube e dos times que me deram a oportunidade de treinar. (…) Quero agradecer também às meninas, que são fantásticas, e às comissões dessas duas temporadas. Para mim, foram períodos incríveis do ponto de vista humano e profissional", elogiou o treinador, que desembarcou em Belo Horizonte na temporada passada, mas deve assumir o Busto Arsizio em 2019/2020.

A ponta Natália, uma das peças-chave para a conquista, também enalteceu a capacidade de superação do time, que soube mudar o rumo da partida depois de perder a primeira parcial.

Leia mais:

Tifanny, sobre a seleção: "Que jogadora não quer ir?"

Por que a seleção feminina tem acumulado pedidos de dispensa?

Sesi sai na frente na final da Superliga masculina

"Essa foi uma temporada difícil com muitos jogos e campeonatos. Só nós sabemos o quanto trabalhamos e sofremos durante todos esses meses. A gente sabia que não seria um jogo fácil. Começamos mal o primeiro set, mas tínhamos consciência da qualidade da equipe. Então essa reviravolta foi para fechar com chave de ouro mesmo, para mostrar que esse é o nosso espírito. Eu só tenho que agradecer e dar parabéns ao time, que soube manter a cabeça boa para ser campeão", declarou.

Gabi fez coro com suas companheiras de time: "Esse foi um dos grupos mais gostosos com quem eu já joguei. Nós nos divertimos, lutamos uma pela outra, nos superamos. Foi uma temporada cansativa com muitos campeonatos. (…) A Natália carregou a gente em momentos importantes, a Carol também. O time esteve junto o tempo inteiro. Acho que isso fica como lição. Quando se joga junto, com o pé no chão e acreditando, essas coisas fazem a diferença", frisou a ponteira.

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, o técnico Paulo Coco lamentou a perda do título, mas elogiou a dedicação de suas comandadas.

"Vamos continuar trabalhando para sermos mais fortes na próxima temporada. Fizemos um jogo equilibrado, lutamos muito. Tivemos um ano de muito aprendizado, com problemas físicos, uma temporada exigente, mas a equipe se entregou e lutou até o último momento. Conseguimos o título inédito da Supercopa, mas o Minas mereceu pela temporada que fez. Foi mais regular durante o ano e elas são merecedoras da conquista", disse.

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter:@saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.