Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

No golden set, Taubaté vence o Sesi-SP e fatura o pentacampeonato paulista

Carolina Canossa

2016-10-20T18:00:51

16/10/2018 00h51

Crédito: Divulgação/Sesi-SP

Por Daniel Rodrigues

EMS Taubaté Funvic e Sesi-SP protagonizaram uma disputa acirrada no segundo jogo da série final do Campeonato Paulista. Após a vitória dos taubateanos por 3 sets a 2 (25-17, 23-25, 22-25, 25-13 e 15-11), na última sexta-feira (12), as duas equipe voltaram a se enfrentar nessa segunda (16). Precisando de um triunfo para seguir na luta pelo título, os comandados do técnico Rubinho fizeram valer o mando de quadra e, no Ginásio da Vila Leopoldina, derrotaram os visitantes por 3 sets a 1 (25-21, 25-23, 24-26 e 41-39), levando a decisão para o golden set. Na parcial decisiva, o time do interior de São Paulo demonstrou sua superioridade e levou a melhor por 25-20, faturando o quinto título consecutivo da competição, mantendo assim a hegemonia paulista.

Leia também: Sesi-SP bate Vôlei Renata e conquista o bicampeonato da Copa SP

Mercado: Sada perde cubanos e rivais tentam quebrar hegemonia celeste

Os anfitriões entraram em quadra com William, Alan, Lipe, Lucas Lóh, Éder, Gustavão e o líbero Murilo. Pelo Taubaté, os titulares foram Uriarte, Leandro Vissotto, Lucarelli, Douglas Souza, Lucão, Robinho e Thales. Porém, um dos diferenciais dos campeões da noite foi justamente a força do grupo e as constantes alterações de Daniel Castellani. O técnico argentino também utilizou com frequência o levantador Rapha, o ponteiro Facundo Conte e o oposto Abouba, conseguindo reverter por vezes situações desfavoráveis com as novas opções.

Pelo lado do Sesi-SP, vale destacar o desfalque do ponteiro Lipe, que sentiu o pé ainda no primeiro set. O jogador não voltou mais à quadra e deu lugar a Renato Russomano. Mesmo com a baixa, o time da capital demonstrou muita garra e reverteu bravamente o placar adverso, que marcava 17 a 11 no quarto set, prorrogando o embate para o golden set.

No entanto, na parcial que valeu o título do Campeonato Paulista, o EMS Taubaté Funvic conseguiu diminuir a quantidade de erros dos sets anteriores, além de contar com boa participação do oposto Leandro Vissotto. Os comandados de Castellani abriram 6 a 0 logo no início e jogaram toda a pressão para o lado adversário. Com o saque agressivo e os certeiros bloqueios do central Robinho, o time soube administrar a vantagem obtida e garantir a taça do torneio.

Em Minas Gerais, o multicampeão Sada Cruzeiro bateu o Fiat Minas na grande final por apertados 3 sets a 2 (33-31, 22-25, 25-19, 23-25 e 15-12), em partida disputada no último sábado (13). Este foi o décimo título estadual dos atuais campeões da Superliga. Já no Rio de Janeiro, o Sesc-RJ, mesmo desfalcado de Wallace e Maurício Souza, confirmou o seu favoritismo e conquistou o tricampeonato carioca diante do Botafogo, após derrotar seus adversários por 3 sets a 1 e parciais de 25-22, 25-18, 18-25 e 28-26.

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.