Saída de Rede

Abaixo da crítica, seleção brasileira sucumbe diante das japonesas

João Batista Junior

08/09/2017 10h26

O bloqueio japonês não deu sossego ao ataque do Brasil (foto: FIVB)

Uma das marcas negativas da seleção brasileira feminina de vôlei nesta temporada é, sem dúvida, a dificuldade de confrontar seleções asiáticas. Além de haver sofrido um revés aterrador contra a esforçada Tailândia no Grand Prix, o Brasil perdeu duas vezes este ano para a China e, na manhã desta sexta-feira, pela terceira rodada da Copa dos Campeões feminina, em Nagoya, caiu diante do Japão mais uma vez neste ano.

O Japão venceu por 3 sets a 2 (25-18, 25-27, 25-15, 16-25, 15-6), num jogo em que por pouco não aplicou um 3 a 0 – uma passagem de Naiane no saque, com 20-24 no segundo set, evitou o placar mais dilatado. Foi a segunda vitória das orientais sobre as brasileiras em jogos oficiais este ano: no GP, o placar também havia sido 3-2 para as japonesas.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

Com um saque que pouco perturbava a linha de passe adversária e um ataque que parecia surpreso diante da previsível eficiência do sistema defensivo do Japão, a seleção transpareceu impaciência. Um reflexo disso é que a equipe só pontuou em 34% das cortadas e marcou 54 pontos nesse fundamento contra 64 das adversárias.

Enquanto os erros do Brasil se avolumavam (o time concedeu 21 diretos em falhas e sofreu oito aces), as bloqueadoras japonesas cresciam a ponto de – vejam só! – não permitir que as brasileiras levassem vantagem nem mesmo nesse quesito (13 pontos para cada lado).

Zé Roberto e as jogadoras no pedido de tempo: nada deu certo contra o Japão

Em face do mau voleibol apresentado, o técnico Zé Roberto (que até chegou a parar um rali no primeiro set para pedir que o vídeo checasse se uma atleta adversária havia tocado a rede, e acabou não obtendo êxito no desafio) efetuou diversas mudanças no time, mas a sucessão de substituições no lado brasileiro apenas retratou a infrutífera busca pela formação ideal.

Na ponta, Rosamaria entrou no lugar de Gabi no decorrer do primeiro set, deu lugar a Amanda no terceiro, mas acabou voltando à quadra ainda na terceira etapa – e ficou até o fim. Suelen substituiu Gabi Souza no segundo set e não saiu mais. Na saída de rede, Monique, que entrava com Naiane nas inversões, virou titular no terceiro set, mas logo saiu de quadra, dando lugar a Tandara. E a central Mara entrou no lugar de Carol no quarto set, mas não voltou à quadra no tie break.

Com exceção da reta final do segundo set e da quarta parcial, na qual o bloqueio brasileiro dominou o ataque japonês, nada deu certo para o lado verde-amarelo na partida.

Agora, as chances de título para a seleção foram praticamente pulverizadas. A duas rodadas do fim, o Brasil caiu do segundo para o quarto lugar da competição, com uma vitória e cinco pontos na tabela, à frente da Rússia pelo set average, atrás da líder China, que venceu três vezes, do Japão e dos EUA, ambos com duas vitórias.

A próxima partida do Brasil será na madrugada do sábado, às 3h40, diante da Coreia do Sul, que ainda não venceu nenhum set no torneio. O jogo será transmitido pelo canal da FIVB no YouTube.

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo