Saída de Rede

Seleção brasileira oscila e sofre derrota inesperada para Tailândia

João Batista Junior

15/07/2017 07h45

Velocidade tailandesa no ataque superou sistema defensivo do Brasil (foto: FIVB)

Depois da vitória contra a Sérvia, o voleibol da seleção brasileira feminina caiu vertiginosamente e o time foi dominado com facilidade por uma equipe que só colecionava derrotas nesta edição do Grand Prix. Na manhã deste sábado, em Sendai (Japão), o Brasil sofreu um contundente 3 a 0 (25-22, 25-21, 29-27) para a Tailândia e conheceu o segundo revés em cinco jogos na competição.

Neste ano em que a seleção feminina tem feito testes e trilhado o caminho da renovação, oscilações eram previsíveis. No entanto, o jogo diante das tailandesas, logo após uma atuação muito boa contra as vice-campeãs olímpicas, mostrou larga inconsistência do time dirigido pelo técnico José Roberto Guimarães: depois de concederem apenas oito pontos em falhas contra as europeias, as brasileiras deram 20 pontos em erros para as asiáticas.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

Contra uma equipe de baixa estatura (as titulares tailandesas mais altas, as centrais Pleumjit Thinkaow e Hattaya Bamrungsuk, têm 1,80m), as atacantes brasileiras se depararam com uma defesa bem posicionada e um bloqueio difícil de ser explorado – uma das vantagens de não ser “alto” no vôlei. Com um passe frequentemente longe da rede, Roberta pouco acionou as centrais, o que diminuiu um bocado o leque de opções do time no ataque.

No decorrer do segundo set, diante da tremenda dificuldade que o Brasil tinha para pôr a bola no chão adversário, Zé Roberto chegou a alterar todas as atacantes das pontas – tirou as ponteiras Natália e Rosamaria e a oposta Tandara, pôs Drussyla, Amanda e Monique –, mas a nova formação ofensiva não mudou o ritmo da partida.

Outro ponto a ser ressaltado é que o sistema defensivo brasileiro também sofreu bastante. Graças à distribuição de bolas rápida e variada da levantadora Nootsara Tomkom, companheira de Natália no Fenerbahçe, suas companheiras encontraram pelo caminho um bloqueio muitas vezes quebrado, o que levou sua equipe a marcar 50 pontos em cortadas, com aproveitamento de 46,3% (percentual bem parecido, por exemplo, com o que o time brasileiro alcançou na sexta contra a Sérvia – 47% no ataque).

O próximo compromisso do Brasil no Grand Prix será à 1h15 do domingo, contra o Japão. O SporTV transmite a partida.

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo