Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Polônia, Rússia e EUA asseguram um lugar na semifinal da Liga das Nações

Carolina Canossa

2011-07-20T19:23:35

11/07/2019 23h35

Bednorz (camisa 22) foi o destaque individual do jogo da Polônia (Foto: Divulgação/FIVB)

Os jovens da seleção polonesa deram mais uma amostra de sua força nesta quinta-feira (11): depois de baterem a seleção brasileira principal na abertura da fase final da Liga das Nações, eles garantiram um lugar na disputa ao derrotarem o Irã por 3 sets a 1, parciais de 21-25, 25-18, 25-20 e 25-22.

O resultado faz com que o duelo entre brasileiros e iranianos nesta sexta (12), às 19 horas (horário de Brasília), seja de "vida ou morte" para ambos os times, que, curiosamente, chegaram a Chicago com a melhor campanha da competição. Quem perder, dá adeus à competição, enquanto o vencedor garante um lugar entre os quatro melhores.

Com 24 pontos, quase um set inteiro, o polonês Bartosz Bednorz foi o maior pontuador do jogo, seguido por Amir Ghafour, do Irã, com 22.

OUTRO GRUPO

O outro grupo desta fase final também já definiu seus semifinalistas: Estados Unidos, donos da casa, e Rússia, que eliminou a França ao bater os colegas europeus por 3 a 0 (25-16, 25-23 e 25-17) . A partida foi marcada pelo ótimo desempenho do bloqueio russo (20 pontos) e pelo excesso de pontos cedidos pelos franceses (23).

Nesta sexta (12), americanos e russos se enfrentam às 22 horas (de Brasília) para definir quem passa em primeiro e segundo. O perdedor do jogo será o adversário da Polônia na busca por um lugar na final.

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.