Saída de Rede

Por mais visibilidade, vôlei anuncia parceria com dona do UFC

Sidrônio Henrique

12/10/2017 20h19

FIVB anunciou a Volleyball Nations League. Na imagem, o Maracanãzinho nas finais da Liga Mundial 2015 (FIVB)

Sem alarde, apesar da parceria com um gigante do marketing esportivo e do entretenimento, a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou nesta quinta-feira (12), em Paris, a Volleyball Nations League (Liga de Vôlei das Nações, numa tradução livre), competição anual que substituirá a Liga Mundial e o Grand Prix. Assim como o Saída de Rede havia informado em primeira mão em julho, serão 16 seleções em cada naipe. A FIVB não deu mais detalhes sobre o formato, antecipado pelo SdR há três meses. A novidade é a parceria com a Endeavor, novo nome da antiga WME-IMG, que agencia estrelas hollywoodianas, modelos (Gisele Bündchen é uma delas) e detém os direitos de imagem de diversas competições em várias modalidades, como futebol, tênis, golfe, basquete e rúgbi, além de ser a proprietária do UFC. A parceria entre FIVB e Endeavor será exclusiva para a Volleyball Nations League.

Siga @saidaderede no Twitter
Curta o Saída de Rede no Facebook

Curiosamente, no texto de divulgação da nova liga em sua página, publicado hoje, a FIVB chama a Endeavor pelo antigo nome – a mudança foi anunciada esta semana – numa derrapada perdoável diante da possibilidade do voleibol dar um salto em termos de imagem no mundo dos esportes. Ao divulgar o torneio, a FIVB afirmou: “A liga vai revolucionar as competições de vôlei, tornando-se um dos eventos mais importantes da história do esporte”. Claro que o inchaço do calendário da modalidade não é um tema tratado pela Federação Internacional.

A Endeavor, parceira da FIVB no novo torneio, é a proprietária do UFC (Reprodução/YouTube)

Desafiantes
A FIVB anunciou ainda, sem dar detalhes, a criação de uma Challenger League para o acesso e descenso das seleções ao torneio principal. Sobre os desafiantes, veja o primeiro link acima, com a matéria do SdR em julho. Das 16 seleções em cada naipe, quatro são desafiantes, ou seja, podem cair dependendo do resultado, enquanto os demais participantes são fixos. A entidade não esclareceu quantos irão cair, para que o mesmo número suba na edição seguinte. Questionada recentemente pelo blog sobre a ausência da Eslovênia, campeã da segunda divisão da Liga Mundial 2017, do torneio em 2018, a FIVB respondeu que a nova liga se trata de uma competição diferente e que a escolha dos participantes se baseou em “critérios objetivos, como mérito esportivo e apelo comercial”.

O novo torneio, aliás, teve três nomes. Inicialmente, iria manter o nome Liga Mundial, valendo também para a competição feminina, em substituição ao Grand Prix. Mais tarde, ao recebermos a resposta para a matéria sobre a não inclusão da Eslovênia no torneio masculino, a Federação Internacional chamou a competição de New Volleyball League (Nova Liga da Vôlei), assim mesmo com as iniciais em maiúsculas, como se fosse sua denominação, ainda que em alguns anos perdesse o sentido. Agora, no lançamento em Paris, cidade onde a FIVB foi criada há 70 anos – daí a escolha como local para a divulgação, segundo a assessoria de imprensa da entidade – o nome definitivo de Volleyball Nations League.

Imagem da FIVB para divulgar o novo torneio, anunciado hoje em Paris

Premiação igual para homens e mulheres?
A FIVB declarou ainda que o lançamento de um torneio masculino e feminino sob o mesmo nome e formato promove igualdade no voleibol. Nos últimos anos, se tornaram mais evidentes os protestos de atletas e torcedores contra a diferença na premiação da Liga Mundial e do Grand Prix – este ano, a campeã da Liga, a França, levou US$ 1 milhão, enquanto o vencedor do GP, o Brasil, ficou com US$ 600 mil.

O SdR procurou a FIVB esta tarde e questionou se a nova liga significaria o fim da diferença na premiação, seguindo o que estava escrito no texto de divulgação, mas a entidade, por meio da sua assessoria de imprensa, disse que as informações disponíveis eram apenas aquelas contidas no press release. A assessoria também não sabia quando serão divulgadas a tabela da Volleyball Nations League nem tinha mais informações sobre a Challenger League.

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo