Saída de Rede

Marcelo Negrão relembra Barcelona: "A expectativa era ganhar experiência, jamais o ouro"

Carolina Canossa

10/08/2017 06h00

Adolescente na época do ouro, Negrão hoje trabalha como comentarista na TV

No país da memória curta e ídolos esquecidos, Marcelo Negrão pode se considerar um privilegiado. Vinte e cinco anos depois de ser um dos destaques da seleção brasileira masculina de vôlei na conquista do ouro na Olimpíada de Barcelona, o atacante ainda é reconhecido nas ruas e é celebrado pelos fãs como se o fulminante ace que encerrou a final contra a Holanda tivesse acontecido há poucos meses.

“Eu já vou fazer 45 anos e, quando saio na rua, as pessoas ainda comentam, me cumprimentam e me dão parabéns igual”, comentou Negrão, atualmente apresentador do programa “Roda de Vôlei”, que vai ao ar todas as quintas-feiras à noite no canal BandSports. Em entrevista exclusiva ao Saída de Rede, o oposto lembrou algo que poucos ainda guardam na memória: aquele título não foi, nem de longe, algo esperado pela torcida ou mesmo especialistas em vôlei: “Era uma equipe recém formada e jovem, que não tinha vencido ninguém ali na Liga Mundial”.

Saiba por onde andam os campeões olímpicos de 1992

O dia em que Carlão jogou (e foi campeão da Superliga) com o pé quebrado

O histórico pouco animador se refletia no próprio elenco. Marcelo, por exemplo, era um adolescente de 19 anos que já estava contente apenas por participar do maior evento esportivo do planeta: “Tudo era novidade e representar o Brasil já era um feito enorme. Pra mim, estar ali já era bom, mas vencer? Jamais imaginaria. A expectativa era só ganhar experiência, dar o nosso melhor”.

Como então explicar tamanha surpresa? A resposta passa por José Roberto Guimarães. Se hoje é reconhecido mundialmente, à época o treinador era um pupilo de Bebeto de Freitas que, de repente, assumiu a “bomba” de assumir uma seleção no mesmo ano dos Jogos Olímpicos, após as saídas do próprio Bebeto e de seu primeiro substituto, Josenildo de Carvalho. Observador e com experiência nas categorias de base, decidiu ousar alternando Marcelo Negrão e Carlão nos ataques de bolas rápidas. “Eu tinha facilidade de jogar em outras posições por conta de uma base muito boa na infância. Foi uma sacada muito grande do Zé e acabou surpreendendo. O jogo começou a fluir, a encaixar”, comentou Negrão.

Campeões na Espanha ainda mantém contato e planejam celebração dos 25 anos em breve

Perdidos, os bloqueios e as defesas adversárias não tiveram a menor chance diante do Brasil, que perdeu somente três sets ao longo de oito jogos. Como reflexo imediato da conquista, os atletas viraram pop stars de uma hora para outra. “Saímos do anonimato para sermos reconhecidos no Brasil inteiro. Onde íamos, não podíamos entrar nos lugares, os ginásios ficaram abarrotados, foi uma coisa muito louca… Até então, eu mesmo nem sabia o que era uma assessoria de imprensa”, diverte-se o atacante.

Comemoração informal em breve

A celebração formal dos 25 anos do ouro em Barcelona 1992 foi discreta: enquanto a CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) apenas divulgou uma nota em seu site lembrando a data, o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, enviou uma carta aos campeões olímpicos.

Mas o próprios jogadores devem resolver o “problema” em breve: reunidos em um grupo de Whatsapp, eles estão se organizando para celebrar a conquista durante um fim de semana ainda este ano, provavelmente em Florianópolis. A confirmação da reunião, porém, ainda não aconteceu por conta da agenda lotada dos convidados. “O problema é a data. Somos muitos e cada um está em um Estado, alguns trabalham na TV, outros como técnicos, há quem tenha seu próprio negócio, então conciliar as agendas de todos é difícil”, afirmou Negrão.

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo