Saída de Rede

Bulgária quebra jejum de 10 anos e vence o Brasil na Liga Mundial

Sidrônio Henrique

11/06/2017 16h58

Brasil teve dificuldade no passe e consequentemente no ataque, diante do pesado bloqueio búlgaro (fotos: FIVB)

Após um jejum de 10 anos na Liga Mundial, a Bulgária derrotou o Brasil. A seleção masculina, comandada pelo técnico Renan Dal Zotto, que vinha de quatro vitórias consecutivas, perdeu por 1-3 (22-25, 19-25, 25-23, 19-25), diante da torcida búlgara, na cidade de Varna. O Saída de Rede ressalta mais uma vez que, por ainda estar no início da preparação, com ênfase na parte física, é normal que a equipe oscile, alternando momentos de um voleibol em alto nível e erros às vezes primários, com falhas no posicionamento da defesa ou na marcação de bloqueio. A partida foi repleta de erros: 39 dos brasileiros e 33 dos búlgaros.

Siga @saidaderede no Twitter
Curta o Saída de Rede no Facebook

O Brasil acumula agora quatro vitórias e duas derrotas – a primeira foi na estreia, por 2-3, contra a Polônia. O time já está classificado para as finais como país-sede, pois a competição será decidida em Curitiba, na Arena da Baixada, de 4 a 8 de julho.

Depois do último revés para os búlgaros na Liga Mundial, nas finais da edição de 2007, por 2-3, a única derrota do Brasil para eles havia sido no controverso duelo no Mundial 2010. Na ocasião, o time dirigido por Bernardinho entrou em quadra disposto a perder para evitar uma chave mais forte na fase seguinte do campeonato, caindo em sets diretos.

Brasileiros e búlgaros se cumprimentam antes da partida, que teve inúmeras provocações

Teste
Que o jogo deste domingo diante da irregular Bulgária (três vitórias e três derrotas na competição), uma equipe que depende demasiadamente do seu saque, seja encarado como um teste. O Brasil apresentou duas novidades em relação aos jogadores que vinham sendo escalados no sexteto inicial esta semana: a entrada do levantador Murilo Radke e do central Otávio. O oposto Renan Buiatti já havia começado diante do Canadá e da Polônia, nos dois dias anteriores, em razão de uma lesão na panturrilha do titular da posição na primeira semana, Evandro Guerra.

O levantador Bruno Rezende começou jogando a partir do terceiro set. O central Éder entrou no lugar de Maurício Souza na mesma parcial. Na seguinte, Souza voltou, mas substituindo Otávio. O meio de rede Lucão e o ponteiro Douglas Souza entraram brevemente. O também ponta Rodriguinho jogou improvisado na saída de rede na inversão do sistema 5-1 nos dois primeiros sets e depois teve rápida passagem em quadra na quarta parcial.

O SdR lembra que nos anos dourados do vôlei brasileiro, na década passada, em partidas dessa fase da Liga Mundial, a seleção que contava com craques como Giba, Dante, Gustavo e Ricardinho, entre outros, sofreu derrotas para equipes tecnicamente inferiores, como Finlândia, Holanda e Portugal.

O ponta búlgaro Rozalin Penchev bloqueia um dos diversos passes errados da seleção brasileira

Passe irregular
Com dificuldade para controlar o agressivo saque búlgaro, o Brasil teve problemas na armação de jogadas, facilitando as ações do bloqueio adversário. O ponta Lucarelli, por exemplo, virou apenas oito em 23 tentativas, enquanto o oposto Renan Buiatti converteu 12 em 29. O atacante de saída de rede búlgaro Tsvetan Sokolov, que na véspera, na derrota por 1-3 para os canadenses, havia colocado no chão menos de um terço dos seus ataques (15/48), hoje virou mais da metade das bolas que atacou (17/30). Sokolov foi o maior pontuador contra o Brasil, marcando 19 vezes. Do lado brasileiro, Renan Buiatti liderou com 13 pontos.

Para a terceira semana da Liga Mundial, em Córdoba, na Argentina, o Brasil deverá contar com mais dois campeões olímpicos na Rio 2016: o oposto Wallace e o ponta Lipe – ambos haviam recebido folga do técnico Renan Dal Zotto após a temporada de clubes. Na Argentina, além dos anfitriões, a seleção brasileira enfrentará novamente a Bulgária e pela primeira vez no torneio a Sérvia – esta última a atual campeã da Liga Mundial.

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo