Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Com selecionáveis, Taubaté bate Sesi-SP e joga final contra o Vôlei Renata

Janaína Faustino

23/10/2019 00h52

Time de Renan tentará o hexacampeonato paulista (Foto: Renato Antunes/Maxx Sports)

O título do Campeonato Paulista de vôlei masculino será decidido este ano entre a equipe campineira do Vôlei Renata e o atual pentacampeão EMS Taubaté Funvic. Nesta terça-feira (22), em duelo disputado em casa, na Vila Leopoldina (SP), os comandados do técnico Rubinho chegaram a vencer os dois primeiros sets, dando a impressão de que conquistariam a vaga na final com autoridade.

Contudo, a equipe mandante viu o rival se agigantar e vencer o duelo de virada por 3 sets a 2 (25-23, 25-19, 20-25, 20-25 e 11-15), devolvendo a derrota sofrida na semana passada no ginásio do Abaeté, em Taubaté. Deste modo, o jogo acabou decidido no golden set, que terminou em 17 a 25. A final acontece nos dias 25 e 31 de outubro.

Ouça no Voleicast #10: Campeão da Copa do Mundo, Renan brilha no comando da seleção masculina

Participe do nosso financiamento coletivo e ganhe prêmios

Assim como no primeiro confronto da semifinal, em que os representantes da capital paulista abriram vantagem ao vencerem os rivais no tie-break (25-23, 22-25, 26-24, 22-25 e 15-12), o time de Renan Dal Zotto, que retornou ao comando de Taubaté após a vitoriosa temporada com a seleção masculina, lutou bastante para chegar a mais uma final.

Em uma reedição da decisão do campeonato no ano passado, a equipe do Vale do Paraíba ainda contou com a volta dos selecionáveis Lucão, Maurício Souza, Douglas Souza e Lucarelli, que fez uma excepcional partida. O líbero Thales também estava à disposição, mas não atuou, dando lugar ao talentoso Rogerinho.

O Sesi, entretanto, começou a partida em um ritmo avassalador, fazendo valer a sua força no bloqueio para conter a eficiência taubateana no sideout. Anotando 9 pontos no fundamento contra apenas 2 do rival nas duas primeiras parciais, os donos da casa ainda conseguiram impor o seu padrão de jogo apostando na agressividade do saque.

Outra arma do Sesi foi a variação e a velocidade do levantador William na construção das jogadas tanto pelo meio, com os centrais Éder e Barreto, quanto com seus atacantes pelas pontas, com destaque para o oposto Alan, MVP da Copa do Mundo com a seleção brasileira, e o passador Victor Birigüi, que tem apresentado evolução de volta à equipe depois da passagem pelo Vôlei Um Itapetininga.

Equipe do Campinas será o adversário de Taubaté na final (Foto: Marcos Ribolli/Vôlei Renata)

No entanto, mais confiante, o time de Renan melhorou substancialmente e assumiu o controle da partida a partir do terceiro set. Cabe ressaltar a participação de Lucarelli, que fez a diferença a favor de Taubaté em todos os fundamentos ao entrar no jogo na segunda etapa no lugar de Douglas Souza. Outro grande destaque foi o oposto marroquino Mohamed Alhachdadi, reserva de Leandro Vissotto que, machucado, não foi relacionado.

Assim, a equipe do Vale do Paraíba venceu o confronto de virada, forçando o golden set no momento em que passou a ter melhor aproveitamento no sideout (ao total, foram 14 pontos contra 8 de ataque do oponente somente na terceira parcial), no bloqueio e no serviço. Desestabilizado emocional e taticamente em função do crescimento adversário, o Sesi não teve forças para reagir.

Na outra semifinal, os campineiros receberam o Itapetininga nesta segunda-feira (21) e venceram por 3 a 1, com parciais de 25-18, 22-25, 25-18 e 25-14, empatando o playoff. O time do argentino Horacio Dileo, então, acabou se classificando também no golden set, vencido por 25 a 19. O oposto Renan Buiatti foi o principal nome do jogo com 30 pontos (12 deles foram anotados no set desempate).

Siga o Voleicast no Instagram: @voleicast

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede