PUBLICIDADE
Topo

Saída de Rede

Com tabela insana e voleibol ruim, Brasil toma 3 a 0 da Argentina no vôlei

Carolina Canossa

24/06/2018 01h29

Apesar da campanha ruim, argentinos erraram menos que o Brasil e mereceram a vitória (Foto: Divulgação/FIVB)

Pior do que a tabela que obrigou a seleção brasileira masculina de vôlei a entrar em quadra apenas 13 horas depois de encarar a Polônia foi o voleibol apresentado pelos comandados de Renan Dal Zotto. Resultado: derrota por 3 sets a 0 (25-23, 25-22 e 25-21) diante de uma Argentina desfalcada no encerramento da fase classificatória da Liga das Nações.

Sem nada a almejar nesta partida em Melbourne, Renan optou por dar uma nova chance ao ponteiro Douglas Souza, que já havia ido mal na rodada de Varna (Bulgária) e obrigado a comissão técnica a chamar Lucas Loh ao outro lado do mundo para que o time não corresse maiores riscos na classificação. Mais uma vez, o ponteiro campeão olímpico decepcionou e não fez o que dele se esperava. Atualmente, não há justificativa técnica para que ele esteja no Campeonato Mundial do segundo semestre.

Evandro, que já havia se destacado pela manhã, novamente foi o maior pontuador brasileiro (11 acertos), mas o excesso de erros especialmente na reta final do set comprometaram a performance verde-amarela. Completaram o time titular Bruno, Isac, Éder e o próprio Loh, que foi substituído por Maurício Borges a partir da segunda parcial. Murilo e Thales se alternaram como líbero.

A insanidade da Federação Internacional de Vôlei (FIVB) ao montar a tabela da Liga das Nações certamente contribuiu para o cansaço e, consequentemente, mau desempenho da seleção brasileira masculina diante da Argentina. De qualquer forma, é fato que a equipe chega à fase final do torneio sob desconfiança dos recentes maus resultados.

Atual quarto colocado na tabela, o Brasil pode ainda ser ultrapassado pela Sérvia, o que mudaria o grupo em que o time estará no início da disputa pelo título, entre 4 e 8 de julho em Lille (França). A Argentina, por sua vez, foi apenas a 14a colocada entre 16 participantes (quatro vitórias em 15 jogos).

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede