Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Rodada final da Superliga tem disputa pela vice-liderança

João Batista Junior

15/03/2018 06h00

Sesc vs. Sesi: confronto direto pode valer segundo lugar (foto: Helcio Nagamine/Fiesp)

O Sada Cruzeiro poupou jogadores e perdeu por 3 a 1 (19-25, 26-24, 25-22, 25-16), na noite desta quarta-feira, em Contagem, contra o Vôlei Renata. O revés, no entanto, não interferiu na classificação cruzeirense: o time celeste já sabia, desde sábado, que o primeiro lugar na primeira fase da Superliga era seu. Já a briga pela vice-liderança, por sua vez, chegará com fôlego à última rodada do campeonato.

Sesc, EMS Taubaté Funvic e Sesi disputam postos que vão do segundo ao quarto lugar na classificação. Os cariocas conquistaram 49 pontos e 17 vitórias, enquanto os atuais vice-campeões da Superliga têm 17 triunfos, mas possuem 47 pontos, e os vice-campeões da Copa Brasil deste ano, com 46 pontos, venceram 16 vezes no nacional.

O confronto direto entre Sesc e Sesi no Rio, ao mesmo tempo em que Taubaté visita o Sada Cruzeiro, deixa tudo em aberto. O prêmio para quem ficar na segunda posição é óbvio: terá a vantagem do mando de quadra tanto nas quartas quanto numa eventual série semifinal. Já o quarto colocado, além de encarar o Minas na próxima fase, deverá encontrar o Sada Cruzeiro pelo caminho, caso avance às semifinais.

Apesar dos maus resultados nos últimos jogos, o Sesc aparece com boas chances frente aos paulistas nesse embate.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

SESC
Até a sexta rodada do returno, o Sesc-RJ lutava palmo a palmo com o Cruzeiro pela ponta da tabela. Porém, a situação mudou drasticamente quando deixou pontos pelo caminho nas quatro partidas seguintes – precisou do tie break para vencer JF Vôlei e Minas e perdeu em quatro sets para Montes Claros e Vôlei Renata. Daí, o foco se tornou permanecer logo abaixo do líder.

O time comandado por Giovane Gávio vai receber o Sesi – no jogo de ida, em São Paulo, 3-1 para o sexteto da Vila Leopoldina. Se vencer a partida qualquer placar, o Sesc termina a fase na segunda posição. Caso perca o jogo por 2-3, ainda consegue sustentar o posto se Taubaté não conquistar três pontos contra o Sada Cruzeiro. Se perder por 1-3, ainda pode terminar em segundo, desde que Taubaté não vença. Mas, se perder por 3-0, será ultrapassado pelo time paulistano e ainda pode cair para o quarto lugar, se os vice-campeões nacionais se derem bem em Contagem.

EMS TAUBATÉ FUNVIC
Equipe que mais tie breaks ganhou nesta temporada da Superliga masculina (cinco vitórias por 3-2 no total), o EMS Taubaté Funvic irá para Minas Gerais encarar o Sada Cruzeiro pensando em, pelo menos, repetir o triunfo de cinco sets obtido em São Paulo. O possível desinteresse cruzeirense na rodada deve ajudar o sexteto dirigido pelo argentino Daniel Castellani: o Sada usou um time misto no confronto contra o Vôlei Renata e não será surpresa repetir o procedimento diante do time do Vale do Paraíba.

Taubaté encara Cruzeiro torcendo por tropeço do Sesc (foto: Rafinha Oliveira)

Para não cair para o quarto lugar, Taubaté precisa vencer ou torcer por uma vitória do Sesc contra o Sesi – qalquer placar serve, nessa hipótese. Já para ultrapassar o time carioca, será necessário vencer por 3-0 ou 3-1 e esperar que atuais campeões da Superliga B percam por qualquer resultado (se Taubaté vencer por 3-2, a vice-liderança só será uma realidade, caso o Sesc não vença mais do que uma parcial).

SESI
A equipe do técnico Rubinho conquistou de resultados expressivos, mas pagou um preço pelas oscilações da campanha: o time que bateu o Taubaté fora de casa e o Sesc no jogo de ida também perdeu pontos para o Corinthians-Guarulhos em duas vitórias por 3-2 e não somou ponto algum em duas derrotas para o Minas Tênis Clube – ambas por 3-1.

Resultado: se quiser ter certeza de que termina esta fase, ao menos, em terceiro, para não pegar o time de Belo Horizonte nas quartas de final, vai precisar de um 3-0 sobre o Sesc, no sábado, para não depender de um revés do Taubaté contra o Cruzeiro. Uma vitória em sets diretos, por outro lado, deixa o time na segunda posição desde que os cruzeirenses vençam em Contagem. Em caso de derrota por qualquer placar no Rio, o Sesi estará fadado terminar em quarto.

É bom lembrar que também há outro posicionamento em jogo na rodada: Vôlei Renata e Corinthians-Guarulhos disputam sexta e sétima posições. O time de Campinas, com 31 pontos, encara o rebaixado Copel Telecom Maringá no Paraná, enquanto o Corinthians-Guarulhos, com 30, recebe o JF Vôlei, que caiu para a Superliga B. Dessa briga saem os adversários do segundo e terceiro colocados nas quartas de final.

Todos os jogos da rodada serão disputados no sábado, a partir das 21h30 (horário de Brasília). O SporTV transmite Sada Cruzeiro vs. EMS Taubaté Funvic. Na web, o canal Vôlei Brasil ficará com Sesc vs. Sesi e também com Corinthians-Guarulhos vs. JF Vôlei.

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.