Saída de Rede

Dentil/Praia e Vôlei Nestlé superam maiores rivais e decidem Copa Brasil

João Batista Junior

18/01/2018 23h38

Osasco vence clássico contra Sesc e vai decidir Copa Brasil (foto: Luiz Pires/Fotojump)

Cumprindo campanhas distintas na temporada, o líder invicto da Superliga, Dentil/Praia Clube, e o terceiro colocado do nacional, Vôlei Nestlé, na noite nesta quinta-feira, bateram seus principais adversários – um no âmbito estadual, outro, nacional – e vão decidir, na sexta, a Copa Brasil feminina 2018.

Será o duelo de duas equipes de investimento pesado e que sonham acabar com a hegemonia do Sesc-RJ no vôlei nacional. A diferença fundamental entre os dois sextetos é que o de Uberlândia busca firmar-se na condição de melhor time do vôlei brasileiro feminino no momento e o de Osasco quer impulso para fugir das oscilações que o acompanham.

A final em Lages (SC) será disputada na sexta-feira, a partir das 21h30 (horário de Brasília), com transmissão do SporTV.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

Vôlei Nestlé vence o clássico
Bicampeão da Copa Brasil (2008 e 2014), o Vôlei Nestlé encontrou o Sesc-RJ. No primeiro duelo entre as duas esquadras na temporada, a equipe de Osasco foi batida em casa, por 3-2. A revanche veio nas semifinais da Copa Brasil e o time paulista não desperdiçou a oportunidade.

Duas sequências no serviço das pontas estrangeiras foram destaque nos dois primeiros sets do clássico: se a peruana Angela Leyva quebrou o passe carioca na parcial de abertura, a dominicana Isabel Peña devolveu a gentileza na etapa seguinte. A diferença é que a vantagem do Sesc-RJ na segunda etapa durou quase nada, e antes da metade do set, já era o Vôlei Nestlé quem estava à frente.

Fabíola: boa distribuição contra o Sesc

Sem hesitar em levantar para as centrais Bia e Ninkovic, Fabíola fazia com que o ataque osasquense fluísse, evitando sobrecarregar Tandara ou Leyva. As cariocas, que tinham dificuldade no ataque para vencer o bloqueio adversário, saíram completamente de órbita no segundo set, quando o árbitro não enxergou um desvio de Ninkovic num ataque de Monique.

Com grande prejuízo no placar, Gabi, que sentiu dores na coxa pela manhã e foi poupada nos primeiros sets, entrou no terceiro em lugar de Drussyla. Ainda que não estivesse completamente à vontade para execução dos movimentos, ela foi uma boa opção ofensiva para o time do Rio e, mais do que isso, sua entrada mudou as referências do ataque carioca, o que fez com que o bloqueio do Osasco não se achasse na parcial.

No quarto set, entretanto, o Vôlei Nestlé voltou a dominar a partida. Embora lutasse contra seu adversário histórico e contra uma ansiedade indisfarçável – que fez a equipe cometer erros que mantiveram o Sesc sempre próximo no marcador –, o time esteve sempre na dianteira e fechou o jogo em 3 sets a 1, com parciais de 25-22, 25-17, 20-25, 25-21.

Classificação do Praia
Diante do Fluminense, no domingo (15), pela Superliga, o desfalque Nicole Fawcett foi um problema difícil de contornar para Dentil/Praia Clube, que suou para vencer por 3-2, virando um placar de 3-7 no tie break. Contudo, nesta quinta-feira, frente ao Camponesa/Minas, a ausência da oposta norte-americana do sexteto titular foi suprida a contento pelas principais atacantes praianas das extremidades – Fernanda Garay e Carla, substituta de Fawcett.

Praia supera Minas: equilíbrio só no 1º set (foto: Greik Pacheco)

Embora tenha equilibrado o primeiro set, dando até a entender que poderia vencer a parcial de abertura do confronto, o passe acabou comprometendo o resultado do Minas. Sem ter de confrontar o bloqueio de Fawcett (1,93m), que só entrou em quadra numa inversão, a levantadora Macris aproveitou-se da menor estatura de Claudinha (1,81m) e Carla (1,77m) e investiu nas atacantes da entrada de rede – Rosamaria e Pri Daroit.

Porém, quando o jogo com as ponteiras ficou previsível e o sistema defensivo do Praia se estruturou para as cortadas de Hooker, as minastenistas não encontraram desafogo nas jogadas de meio, justamente porque o saque praiano criou problemas para a linha de recepção adversária.

Longe de reagir, a situação do Minas apenas se agravou no restante da partida. O Praia, com a força das centrais Fabiana e Walewska no bloqueio, o destemor de Carla no saque e no ataque e uma boa distribuição de Claudinha no levantamento, chegou rapidamente ao 3 a 0 na partida, com parciais de 27-25, 25-14, 25-14.

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo