Saída de Rede

Eficiente no ataque, Alan é destaque entre as "revelações" da Superliga

João Batista Junior

23/11/2017 06h00

Alan é o terceiro maior pontuador da Superliga 2017-2018 (foto: Helcio Nagamine/Fiesp)

Na pesquisa realizada pelo Saída de Rede no início desta Superliga, com técnicos e capitães das equipes participantes do naipe masculino, a maioria dos votos para “jogador revelação” do campeonato foi para o oposto Felipe Roque, do Minas, seguido do também oposto Alison Bastos (Copel Telecom Maringá) e do ponteiro Leozinho (JF Vôlei). Após sete rodadas, no entanto, quem desponta como principal candidato ao “posto” é Alan, atacante do Sesi.

Além dos quatro jogadores, dois outros atletas – estes, reservas – foram apontados como possíveis revelações do torneio: o meio de rede sesista Gabriel Bertolini, que tem sido inscrito para as partidas, mas não tem atuado, e o oposto minastenista Davy.

Veja como está, até aqui, a temporada dos “candidatos” a revelação da Superliga masculina.

Siga o @saidaderede no Twitter
Curta a página do Saida de Rede no Facebook

Alan
Suplente no Sada Cruzeiro (antes, de Wallace, depois, de Evandro), Alan foi para o Sesi nesta temporada junto com o levantador William e, com um terço de fase classificatória já ultrapassado, o jogador mostrou que tem aproveitado bem a oportunidade. Além de ser titular numa das equipes de ponta do vôlei nacional, ele tem tido um rendimento que o coloca entre os melhores atacantes do campeonato.

O atacante, de 23 anos, é o único dos votados como “aposta para revelação” na enquete do blog que aparece entre os cinco melhores das estatísticas da CBV em algum critério: é o terceiro maior pontuador do campeonato, com 117 acertos e tem a quinta melhor média de pontos da competição, com 4,18 pontos por set. O aproveitamento do oposto no ataque é de 57%.

Felipe Roque
Favorito entre os participantes da pesquisa do blog a ser a revelação do campeonato (recebeu voto de mais de um quarto do eleitorado), o oposto do Minas Tênis Clube, no geral, não tem tido um rendimento ruim, mas tem encontrado certa dificuldade para se manter consistente na parte ofensiva.

Se levar em conta o panorama total das rodadas, Felipe Roque, de 20 anos, obteve 52% de eficiência nas cortadas, o que é um bom índice. Diga-se também que no jogo mais marcante da campanha minastenista até aqui – o triunfo sobre o Sesi no último dia 8 –, ele pontuou em nada menos que 65% das bolas que recebeu para atacar!

Felipe Roque em ação contra Montes Claros (foto: Orlando Bento/MTC)

O outro lado, porém, é que ele, mesmo livre de obrigações no passe, não tem sido a bola de segurança do time (incumbência que normalmente recai sobre o ponta cubano Yordan Bisset) e tem sido, com certa frequência, substituído por Davy no decorrer dos jogos – Davy, um dos outros listados entre as possíveis revelações do campeonato.

Davy
Reserva de Felipe Roque, o atacante de saída de rede Davy, de 20 anos, tem sido acionado nas partidas do Minas muito além da mera inversão do 5-1. Em alguns jogos, inclusive, Davy tem passado mais tempo em quadra do que o próprio titular da posição – com na vitória sobre o Montes Claros e no revés contra a EMS Taubaté Funvic.

No ataque, ele anotou 28 dos 30 pontos que obteve na competição, com aproveitamento 49% nesse quesito.

Leozinho
Exigido no fundo de quadra do JF Vôlei, sendo em alguns jogos o alvo principal do saque adversário, Leozinho, de 22 anos de idade, começou a atual edição da Superliga com uma performance que chamou a atenção dos fãs do voleibol. Apesar da derrota por 3 a 1 para o Minas na estreia, o ponteiro assinalou nada menos que 32 pontos no geral, sendo um ace, quatro no bloqueio e 27 no ataque (62% de aproveitamento nesse fundamento).

Nas partidas seguintes, o time de Juiz de Fora não conseguiu engrenar na competição – ainda não marcou nenhum ponto na tabela – e Leozinho, por sua vez, alternou boas pontuações, como contra o Montes Claros (18 pontos) e o Taubaté (12), e atuações discretas no ataque, como diante do Sada Cruzeiro, seu antigo clube, e tem, hoje, 81 pontos anotados, com aproveitamento de quase 50% nas cortadas.

Alison Bastos
Vindo de uma boa temporada pelo Canoas no ano passado, Alison Bastos, 22 anos, é o titular da saída de rede da Copel Telecom Maringá. Com aproveitamento de 47% no ataque, o oposto assinalou 93, sendo 87 em cortadas, e tem esperado – assim como Leozinho, no JF, – que seu time conquiste os primeiros pontos na tabela: os paranaenses venceram apenas dois sets na competição, um contra o Sada Cruzeiro, outro contra o Canoas.

Na sua opinião, quais desses jogadores possui um futuro mais promissor?

Sobre o autor

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos. João Batista Junior - Já cobriu campeonatos mundiais e a Liga Mundial. Sidrônio Henrique - Trabalhou para publicações da Europa e da América do Norte, produziu conteúdo para a Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Blog Saída de Rede
Topo