Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Marcelo Mendez: “O Mundial será um desafio muito grande para o Sada”

Janaína Faustino

02/12/2019 06h00

Sada Cruzeiro, de Marcelo Mendez, se garantiu no Mundial ao vencer o Sul-americano (Foto: Divulgação/FIVB)

Betim é sinônimo de sucesso para o Sada Cruzeiro: nas três vezes que a cidade da região metropolitana de Belo Horizonte recebeu o Mundial de clubes de vôlei masculino, o time celeste se sagrou campeão. E é justamente lá, mais precisamente no ginásio Divino Braga, que o clube mineiro espera conquistar o tetracampeonato na edição 2019 do torneio, que será disputada entre esta terça-feira (3) e domingo (8).

Único representante brasileiro na competição, o Sada sabe que não terá vida fácil: do outro lado da quadra estarão adversários do porte do Lube Civitanova (Itália) e Zenit Kazan (Rússia), respectivamente campeão e vice-europeu, além do Al-Rayyan (Catar), que é comandado por Carlos Schwanke, assistente de Renan Dal Zotto na seleção brasileira.

"Vamos enfrentar os melhores jogadores das maiores equipes do mundo. Será um desafio muito grande para nossa equipe, neste momento em que reconstruímos um grupo", comentou o técnico do Sada, Marcelo Mendez, em entrevista ao Saída de Rede.

E mais:

– Voleicast: quais são as chances do Brasil no Mundial de Clubes feminino?

– Fernanda Garay elogia força do Praia e acredita em pódio no Mundial

– Para Nicola Negro, será difícil Minas repetir façanha do Mundial 2018

Quando fala em reconstrução, Mendez se refere às diversas mudanças que o elenco passou desde 2016, ano do último título mundial cruzeirense: desde então, peças importantes como o levantador William Arjona, o ponteiro Yoandy Leal, o central Robertlandy Simón e o líbero Serginho deixaram a equipe. Para esta temporada, também houve mudanças significativas como as chegadas do argentino Facundo Conte e do canadense Gordon Perrin.

"Estamos vivendo uma temporada de muito trabalho com tantas novidades no elenco. Mas o perfil do time é o mesmo, com jogadores com espírito vencedor e muita disposição para trabalhar. Seguimos focados em colocar o nosso melhor dentro de quadra, tanto nos treinos quanto nos jogos, e vamos continuar nos entregando em busca dos melhores resultados", garante o treinador, lembrando o que o time já dá sinais de entrosamento. "O Mineiro foi uma conquista importante no começo de temporada. E vamos fazendo uma boa campanha na Superliga, mesmo ainda oscilando em alguns momentos, e conscientes de que temos muito a crescer ainda", destacou.

Em relação às expectativas para o Mundial, Mendez prefere não falar em resultados diretamente, mas deixou claro que espera que a torcida seja, mais uma vez, um reforço em quadra. "A expectativa é sempre muito alta quando se disputa um Mundial de Clubes (…) Estamos trabalhando muito para apresentar o nosso melhor, e jogar em casa, onde conquistamos tanto, é um fator muito positivo", afirmou.

* Colaborou Carolina Canossa

Siga o Voleicast no Instagram: @voleicast

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

 

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede