Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Fernanda Garay elogia força do Praia e acredita em pódio no Mundial

Janaína Faustino

27/11/2019 06h00

Confiante, Fernanda Garay pensa que seu time pode conquistar uma medalha no Mundial de Clubes 2019 (Fotos: Divulgação/Dentil Praia Clube)

Uma das principais estrelas mantidas no plantel do Dentil Praia Clube para a temporada 2019/2020, a experiente campeã olímpica Fernanda Garay está otimista com a participação de sua equipe na próxima edição do Campeonato Mundial de Clubes feminino, que será disputado entre os dias 3 e 8 de dezembro em Shaoxing, na China.

Quarto colocado no ano passado, o time de Uberlândia terá adversários difíceis logo na primeira fase da competição. Afinal, o grupo B ainda é formado pelo chinês Tianjin Bohai, pelo italiano Novara e pelo turco e atual tricampeão VakifBank.

No entanto, campeã por Osasco no ano de 2012, em Doha (Qatar) – naquela oportunidade, as comandadas de Luizomar de Moura, então vencedoras também do Sul-Americano e da Superliga, superaram o Rabita Baku, do Azerbaijão, em sets diretos –, a ponteira aposta na força do elenco praiano que tem outras atletas experimentadas, além da jovem e talentosa ponta/oposta dominicana Brayelin Martínez.

E mais:

Ouça no Voleicast #14: Quais são as chances do Brasil no Mundial de Clubes feminino?

Ouça no Voleicast #13: O equilíbrio de forças da Superliga feminina 2019/2020

Mundial de Clubes 2019 terá reencontro entre Minas e Natália na primeira fase

"Há alguns anos, o time mantém uma equipe de altíssimo nível e não é à toa que está chegando às finais da Superliga. Perdemos nossa capitã, mas recebemos a nossa capitã do título de volta. Acredito que as contratações foram bem estudadas para suprir alguns pontos que nos fizeram falta na última temporada", salientou a jogadora, fazendo referência à partida da central Fabiana rumo ao Hisamitsu Springs, do Japão, e ao retorno da meio de rede Walewska, capitã na temporada 2017/2018, quando o Praia faturou o título nacional pela primeira vez.

A jogadora é um dos destaques nas estatísticas de saque da Superliga

Com foco total em Uberlândia, Garay vem de uma séria lesão no tornozelo direito, que, inclusive, a deixou de fora das finais da Superliga passada contra o arquirrival Itambé Minas. Recuperada, tem se esforçado para atingir o melhor nível físico e técnico, além de buscar a melhor sintonia com suas companheiras até a estreia no Mundial contra o VakifBank, no dia 3. "O entrosamento é algo que a gente vem aprimorando no dia a dia. Acredito que estamos caminhando na direção certa", ressaltou, elogiando em seguida o trabalho que vem sendo feito em equipe.

"Trabalhamos em conjunto com um elenco forte, uma comissão técnica experiente, uma diretoria engajada e patrocinadores que acreditam no projeto. Isso é o que vem nos fazendo fortes todos esses anos", destacou.

Determinada, a jogadora afirmou que espera que o grupo faça bonito no campeonato. "A expectativa é de representarmos bem o voleibol brasileiro. Claro que eu acredito em chances de pódio. Temos um grupo muito competitivo e que pensa grande. Vamos trabalhar jogo a jogo, buscando fazer nosso melhor para tentar traduzir o esforço em vitórias", concluiu.

Siga o Voleicast no Instagram: @voleicast

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede