Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Seleção feminina se reabilita e passa pelo Quênia na Copa do Mundo

Janaína Faustino

18/09/2019 07h31

Nesta quarta-feira (18), as comandadas de Zé Roberto somaram mais 3 pontos na competição com a vitória diante do Quênia (Foto: Divulgação/FIVB)

Depois do tropeço diante da Holanda na terceira rodada da Copa do Mundo, a seleção brasileira feminina de vôlei se recuperou. Como esperado, venceu o Quênia, lanterna da competição, em sets diretos (parciais de 20-25, 17-25 e 14-25) no duelo realizado em Hamamatsu, no Japão, na manhã desta quarta-feira (18). Foi o terceiro triunfo das comandadas de José Roberto Guimarães no torneio.

A seleção brasileira, contudo, não encontrou a facilidade imaginada logo no começo do confronto, já que as quenianas ofereceram bastante resistência no primeiro set. Este equilíbrio ficou escancarado no sideout – ao total, o time de Zé Roberto teve 16 acertos no ataque contra 15 do adversário. Ainda oscilando na recepção e com baixo aproveitamento no bloqueio (marcou apenas 1 ponto no fundamento), o time verde e amarelo acabou se beneficiando pelo excesso de falhas  do fraco conjunto africano – foram 7 erros contra 3 do Brasil nesta parcial.

O jogo permaneceu parelho no início da segunda etapa, mas a seleção melhorou especialmente na linha de passe, o que favoreceu a distribuição mais igualitária da levantadora Macris e, a partir da inversão 5-1, de Roberta, que seguiu como titular com bom desempenho. Assim, variando mais as jogadas, o Brasil cresceu de produção, chegando a abrir 20-12, e o time conseguiu conjugar com mais eficiência a relação bloqueio-defesa.

Ouça no Voleicast: Seleção masculina sofre para manter hegemonia regional

– No sexto episódio do Voleicast: Seleção feminina vence o Sul-Americano de vôlei

O técnico Zé Roberto aproveitou para dar ritmo a outras atletas, como as centrais Carol e Mara, que substituíram Fabiana e Bia, além da experiente Sheilla, que assumiu a saída de rede no lugar de Lorenne. A ponteira Gabi Cândido também foi testada. Com esta formação, a seleção deslanchou na terceira e última parcial, contando também com a performance consistente de Roberta na armação – principalmente com as bolas rápidas de meio – e com o aproveitamento regular da central Mara.

A meio de rede entrou no confronto na segunda parcial e terminou como a maior pontuadora com 14 acertos, seguida da ponta Amanda, que colocou 12 bolas no chão.

A próxima partida da seleção brasileira será contra a equipe norte-americana, atual bicampeã da Liga das Nações, que superou o time holandês nesta rodada por 3 a 0, com parciais de 25-23, 25-18 e 25-19. O jogo está programado para esta quinta-feira (19) às 6h (horário de Brasília).

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.