Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Brasileiras fazem ótima campanha no início do Mundial de vôlei de praia

Carolina Canossa

02/07/2019 19h12

Rebecca e Ana Patrícia são a melhor dupla do Brasil em 2019 (Foto: Divulgação/FIVB)

Que o Brasil tem favoritismo para subir no pódio do Mundial de vôlei de praia feminino era sabido. O que poucos esperavam é que as quatro duplas representantes do país começassem a competição de forma tão forte: das 12 partidas disputadas até o momento, foram 11 vitórias e apenas um resultado adverso.

Sendo assim, avançam à fase de mata-mata em Hamburgo (Alemanha) Ágatha/Duda, Ana Patrícia/Rebecca, Fernanda Berti/Bárbara Seixas e Carol Solberg/Maria Elisa – estas últimas, as únicas a não terminarem na liderança de seu respectivo grupo, uma vez que foram derrotadas pelas americanas Larsen/Stockman em um duelo equilibrado, encerrado apenas no tie-break (22-24, 21-14 e 09-15).

A primeira fase eliminatória do torneio feminino – dezesseis avos de final ou Round 32 – acontece já nesta quarta-feira (3), com 16 partidas de "mata-mata" que antecedem as oitavas de final. A partir de agora, quem perder se despede da disputa.

Leia mais:

Clique aqui para ver os jogos e a programação do Mundial de vôlei de praia

Voleicast: como o Brasil chega às fases finais da Liga das Nações?

Após o sorteio direcionado, com os times mais bem colocados enfrentando aqueles que se classificaram com os piores resultados, ficou definido que Ágatha/Duda vai enfrentar as norte-americanas Kerri Walsh/Sweat (13 horas (de Brasília) no SporTv2); Fernanda Berti/Bárbara Seixas joga contra as austríacas Plesiutschnig/Schutzenhofer (9 horas no YouTube FIVB), Carol Solberg/Maria Elisa duela com as norte-americanas Alix Klineman/April Ross (13 horas no YouTube FIVB), e Ana Patrícia/Rebecca encara as chinesas Xue/Wang (10 horas no YouTube FIVB).

MASCULINO

Entre os homens, a campanha brasileira no Mundial também vai muito com com nove vitórias em dez jogos até o momento. Invictos após as três partidas da primeira fase, Alison e Álvaro Filho já se classificaram em primeiro lugar, enquanto Pedro Solberg e Vitor Felipe, apesar do revés diante dos favoritos noruegueses Mol e Sorum (14-21 e 15-21), avançaram em segundo.

Outros dois times brasileiros encerram a fase de grupos nesta quarta-feira (3) buscando manter o 100% de aproveitamento: Evandro/Bruno Schmidt e André Stein/George, que enfrentam respectivamente os espanhóis Herrera/Gavira e os italianos Nicolai/Lupo. A definição dos adversários da fase eliminatória só acontecerá depois disso, no final da tarde de quarta.

Somando os naipes masculino e feminino, o Brasil soma 12 medalhas de ouro, nove de prata e dez de bronze nas 11 edições realizadas. O Campeonato Mundial é o principal torneio da temporada, com uma premiação total de 1 milhão de dólares (500 mil para cada naipe) e a maior pontuação ao ranking da temporada, que, no caso brasileiro, soma pontos na definição das duplas representantes do país na Olimpíada de Tóquio.

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.