Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Mais consistente, seleção masculina se recupera e vence equipe chinesa

Janaína Faustino

2015-06-20T19:13:37

15/06/2019 13h37

Com imensa superioridade no ataque, a seleção masculina venceu a equipe chinesa neste sábado (15) (Fotos: Divulgação/FIVB)

A seleção masculina de vôlei voltou a vencer neste sábado (15), na segunda partida da terceira semana da fase classificatória da Liga das Nações. Jogando na cidade de Gondomar, em Portugal, o time de Renan Dal Zotto se recuperou depois do inesperado tropeço diante dos reservas da Sérvia e venceu com facilidade a equipe chinesa, lanterna da competição, por 3 sets a 0, parciais de 25-15, 25-18 e 25-22.

Para este confronto, o técnico Renan seguiu implementando sua estratégia de revezamento do time e deixou o oposto Wallace, o ponteiro Leal e os centrais Lucão e Maurício Souza no banco. Alan, Douglas Souza, Flavio e Isac atuaram como titulares.

A seleção brasileira não demorou para se impor diante da modesta equipe chinesa, abrindo uma imensa vantagem no placar. A gigantesca diferença no sideout ficou clara ainda no primeiro set, quando a China cedeu mais pontos em falhas ao Brasil do que fez de ataque. A equipe dirigida por Raúl Lozano deu 6 pontos ao Brasil e fez apenas 5 na virada de bola, enquanto que os comandados de Renan tiveram 17 acertos neste fundamento.

Um pouco mais atento no começo da segunda etapa, o septeto chinês investiu em um saque forçado para tentar desestabilizar a linha de passe brasileira. A estratégia obteve êxito em alguns momentos do jogo, mas a fragilidade técnica e ofensiva dos asiáticos impediu qualquer tipo de reação.

Leia mais:

Leal e Lucarelli são os trunfos de Renan para a temporada

Renan Dal Zotto responde críticos com título da Superliga

Além disso, os asiáticos ainda se beneficiaram de alguns erros do time brasileiro na segunda parcial, sobretudo de saque. Contudo, mais consistente e com bom volume, a seleção aproveitou os contra-ataques e não teve problemas para vencer o set.

Mais confiantes, os chineses cresceram na virada de bola e buscaram endurecer o jogo a partir do terceiro set. Entretanto, não conseguiram fazer frente à superioridade do ataque brasileiro (ao total, foram 49 pontos do Brasil contra 23 dos rivais). Os comandados de Lozano também não resistiram à eficiência do saque adversário que, quando não se converteu em pontos diretos, quebrou a recepção, impedindo a melhor construção das jogadas por parte do limitado conjunto.

O maior pontuador do jogo foi Douglas Souza, com 17 acertos, seguido de Lucarelli, que fez 12.

Neste domingo, a partir das 14h, a seleção encerra a sua participação nesta terceira etapa da Liga das Nações contra os donos da casa. A partida terá transmissão do SporTV2.

Ouça o Voleicast, podcast de vôlei do Saída de Rede

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter:@saidaderede  

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.