Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Emocional deve fazer a diferença no jogo em que Taubaté pode ser campeão

Janaína Faustino

2004-05-20T19:06:00

04/05/2019 06h00

Taubaté poderá se sagrar campeão da Superliga masculina neste sábado (Foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic)

Um duelo em que a parte mental fará toda a diferença. Assim imagina o técnico Rubinho, do Sesi-SP, que será o jogo 4 da série melhor-de-cinco programado para este sábado (4), às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP). Para seguir com chances de conquista do bi na Superliga masculina, seus comandados terão que derrotar o EMS Taubaté Funvic, que abriu 2 a 1 na fase decisiva, para forçar a quinta e última partida.

Corroborando, de certa forma, o que disse o central Éder depois da derrota por 3 sets a 2 na terceira final, o treinador sustentou que o time precisará de equilíbrio emocional para lidar com adversidades que poderão surgir ao longo do confronto.

"Realizamos coisas boas no último jogo. Precisamos fazer ainda melhor. Temos também que acertar alguns pontos em que falhamos. Mas, no geral, a equipe atuou dentro de um perfil que é mais típico nosso, com um jogo mais linear, consistente. Obviamente que o jogo vai oscilar em algum momento. Mas precisamos estar equilibrados para manter a nossa regularidade para conquistar a vitória e levar para o quinto confronto. Estamos em um momento em que cada um já sabe bem o que o outro vai fazer e acho que a série vai ser cada vez mais mental", observou.

"Acredito mesmo que vai ser uma partida mais forte mentalmente porque uma equipe vai ter que reverter o placar, que é o nosso caso, já que eles têm uma possibilidade maior de conquista. Então deverá ser um jogo bem difícil, disputado e empolgante para a torcida", acrescentou.

Para técnico Rubinho, o equilíbrio emocional será elemento decisivo no jogo (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Para ele, que terminou a fase classificatória na ponta da tabela com o Sesi, a terceira final demonstrou o equilíbrio da série. "Houve um primeiro jogo com predominância nossa, outro com domínio deles e o terceiro foi absolutamente disputado. Apesar de alguns momentos de equilíbrio nos dois anteriores, o último foi mais forte, com os dois times jogando melhor, ainda que com algumas oscilações. Agora a tendência é se manter esse equilíbrio. Vai ser um jogo duro", apontou.

Podendo levar Taubaté à conquista do primeiro título nacional de sua história se vencer novamente o time da capital paulista, o técnico Renan Dal Zotto disse que espera um confronto complicado.

"Cada jogo é uma história. Quando se enfrenta um time como o Sesi, com a comissão técnica qualificada que tem, você nunca pode esperar que vai encontrar a mesma equipe. Eles, assim como nós, sempre vêm fazendo coisas diferentes. Os três jogos até agora, foram completamente distintos, taticamente falando. Esta quarta partida será mais uma nova história. Temos de estar prontos para achar as soluções para cada momento", sublinhou o treinador.

Leia mais:

Sesi e Taubaté apostam no jogo coletivo para conquistar troféu da Superliga

Com propostas diferentes, Taubaté e Sesi buscam título da Superliga

Oposto Alan é a principal arma do Sesi na final da Superliga masculina

Segundo Renan, a concentração da equipe também será determinante no jogo. "Não podemos nos iludir em momento algum. O Sesi tem uma grande equipe e jogadores vencedores que sabem da necessidade da vitória para eles. Cabe a nós entrar em quadra e fazer nosso melhor. Não vamos ficar preocupados com o placar. Vamos jogar nosso máximo e tenho confiança de que vamos jogar bem, pois os meninos estão muito concentrados e focados", complementou.

O jogo 4 terá transmissão do SporTV2. Se necessário, o quinto e último confronto será no sábado (11).

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter:@saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.