Topo
Saída de Rede

Saída de Rede

Sede dos Sul-americanos, Minas almeja repetir sucesso da Copa Brasil

Janaína Faustino

2009-02-20T19:06:00

09/02/2019 06h00

Atual líder da Superliga provavelmente terá outro grande duelo com o Praia Clube a fim de conquistar o troféu sul-americano (Foto: Orlando Bento/MTC)

O estado de Minas Gerais sediará, pelo terceiro ano consecutivo, as edições feminina e masculina do Campeonato Sul-americano de Clubes. A competição nos dois naipes se dará na Arena Minas, em Belo Horizonte, sendo que o feminino ocorrerá entre os dias 19 e 23 de fevereiro e a disputa entre os homens acontecerá logo a seguir, de 26 de fevereiro a 2 de março.

O Itambé Minas, atual campeão do torneio, terá como adversários o arquirrival Dentil Praia Clube, os argentinos Boca Juniors e San Lorenzo, e o boliviano Club Olympic. A competição será em rodada única de todos contra todos em pontos corridos. Contudo, a grande disputa possivelmente será entre as equipes brasileiras.

Isto porque Boca Juniors, San Lorenzo e Club Olympic são times tecnicamente bem mais frágeis e provavelmente não terão grandes chances diante do vice-campeão mundial e do atual detentor do título da Superliga. O San Lorenzo tem na jovem oposta Daniela Bulaich a sua força de ataque. Já o tradicional Boca Juniors, apesar de ser o campeão argentino e acumular cinco títulos nacionais, não consegue exercer a mesma hegemonia fora do país, se sobressaindo em um campeonato inferior e de pouco investimento.

Assim, ao que tudo indica, as equipes mineiras repetirão, desta vez em nível sul-americano, o duelo "caseiro" que vêm travando ao longo desta temporada, com vantagem para o time de Stefano Lavarini, que já derrotou o Praia em três oportunidades – na final do Campeonato Mineiro, em uma partida da Superliga e na decisão da Copa Brasil.

Atual campeão, time de Marcelo Mendez busca o sexto título no torneio (Foto: Agênciai7/Sada Cruzeiro)

Já no naipe masculino, apesar da reconhecida superioridade do multicampeão Sada Cruzeiro, é possível afirmar que há certo grau de imprevisibilidade. O torneio será organizado em dois grupos com 3 equipes: no primeiro, o pentacampeão sul-americano enfrentará o UPCN da Argentina e o Regatas Lima do Peru. Na outra chave, o Fiat Minas encara o argentino Obras San Juan e o Nacional do Uruguai. Os dois melhores colocados se classificam para as semifinais.

O UPCN da Argentina possivelmente será o rival capaz de oferecer um pouco mais de resistência à Raposa nesta chave. Apesar de não viver um bom momento na temporada – ocupa um modesto quarto lugar no campeonato local (14 pontos atrás do líder Bolívar Volley) e foi eliminado da Copa Libertadores –, a equipe pode tentar complicar a vida do time de Marcelo Mendez, sobretudo com a artilharia do experimentado ponta/oposto polonês Zbigniew Bartman, que está em sua segunda temporada no clube.

Pelo outro grupo, o adversário mais consistente do Minas nesta fase certamente será o San Juan, equipe que acaba de conquistar a Copa ACLAV e está na segunda posição da Liga Argentina, atrás do Bolívar. Os comandados de Nery Tambeiro, em visível ascensão na Superliga, precisam ter atenção especial com dois cubanos – o oposto Jesús Herrera e o ponteiro Osniel Melgarejo, ambos responsáveis pela maior parte das ações ofensivas do conjunto argentino.

Além disso, o meio-de-rede brasileiro Jonadabe Carneiro e o experiente passador Rodrigo Quiroga, ex-Canoas, também são peças importantes na engrenagem do jovem levantador Matías Sanchez. Deste modo, caberá aos times brasileiros manter o foco e a concentração para que a classificação para as semifinais não seja ameaçada.

Leia mais:

Gabi compara Lavarini a Bernardo e Zé Roberto: "Vai conquistar muita coisa"

Com tetra da Copa Brasil, Sada Cruzeiro manda recado para os rivais

Classificados da Superliga masculina já estão praticamente definidos

Curta o Saída de Rede no Facebook!

Siga-nos no Twitter: @saidaderede

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.