PUBLICIDADE
Topo

Saída de Rede

CBV recua e muda voto em favor de maior participação de atletas no COB

Sidrônio Henrique

28/11/2017 22h05

Pressionada diante da repercussão negativa da decisão de votar contra o aumento da participação de atletas nas decisões mais importantes do esporte nacional, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) reconsiderou seu voto na assembleia geral do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Em comunicado divulgado na noite desta terça-feira (28), a CBV informou que mudou sua posição, passando assim a apoiar a proposta de 12 votos entre os atletas (veja imagem acima). A nota é assinada pelo presidente da entidade, Walter Pitombo Laranjeiras, o Toroca. Anteriormente, na assembleia do COB, Toroca havia apoiado a proposta de cinco votos entre os atletas.

Siga @saidaderede no Twitter
Curta o Saída de Rede no Facebook

Numa votação apertada, na quarta-feira da semana passada (22), o COB não aceitou a proposta de ampliar para 12 os representantes dos atletas em assembleia. Foi decidido que os atletas contariam com cinco assentos. Já as confederações terão 35 representantes. Pelo antigo estatuto, apenas um atleta participava do órgão.

O voto do presidente da Confederação Brasileira de Rugby, Eduardo Mufarej, foi anulado após a votação terminar empatada em 15 a 15. O cartola teve que deixar a reunião antes do final, mas antecipou o seu voto em favor do pleito dos atletas de aumentar a sua participação. Porém, quando a votação terminou empatada, o presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Alaor Gaspar Pinto Azevedo, pediu a impugnação do voto do rúgbi. Ele alegou que apenas os cartolas que estavam na reunião durante a votação poderiam ter os seus votos computados. Após um debate acalorado, os dirigentes impugnaram o voto do representante do rúgbi por 15 a 14.

Manifestação da Comissão de Atletas de Voleibol de Quadra
Na ocasião, após tomar conhecimento da posição da CBV, a Comissão de Atletas de Voleibol de Quadra, formada pelos ex-jogadores André Heller e Gilmar Teixeira, além da líbero Fabi, da oposta Renatinha e do ponteiro Ricardo Lucarelli, emitiu um comunicado: "Tendo tomado conhecimento acerca do posicionamento e manifestação de voto da Confederação Brasileira de Vôlei em Assembleia Geral do Comitê Olímpico do Brasil na data de 22/11/2017, no sentido de maior restrição ao número de atletas com poder de voto naquela entidade, e por via de consequência, menor efetividade e participação dos atletas nos assuntos de interesse do Esporte nacional, manifestamos total INCONFORMISMO e SURPRESA acerca do quanto descrito, desde logo lamentando a posição tomada e estranhando a adoção da referida medida, sobretudo por considerá-la contraditória com toda a diretriz e encaminhamento de gestão da CBV ao longo do último ano".

Sobre a autora

Carolina Canossa - Jornalista com experiência de dez anos na cobertura de esportes olímpicos, com destaque para o vôlei, incluindo torneios internacionais masculinos e femininos.

Sobre o blog

O Saída de Rede é um blog que apresenta reportagens e análises sobre o que acontece no vôlei, além de lembrar momentos históricos da modalidade. Nosso objetivo é debater o vôlei de maneira séria e qualificada, tendo em vista não só chamar a atenção dos fãs da modalidade, mas também de pessoas que não costumam acompanhar as partidas regularmente.

Blog Saída de Rede